segunda-feira, 20 de abril de 2009

- Seu silêncio... -

.
Preciso congelar esse momento no espaço entre nossos olhares.
Sobram palavras dentro de nós, acrescentar alguma poderia estragar tudo, não arrisco...


.
Nem peço palavras... seu silêncio me encaixa tão bem,
me acostumei a ouvi-lo e gosto, daquele cúmplice,
que mostra que estamos bem conosco, com o mundo.
Paro e ouço o silêncio da casa, gosto dele também,
traduz a solidão por apenas eu estar aqui,
isso muitas vezes causa medo sim, mas é natural sentir,
quem o assume, está preparado para enfrentar tudo.
Não há paredes sólidas para a esperança.
Penso que não devíamos cobrar nada quando amamos... Só existir!
Não peço planos para o futuro, basta te sentir em mim compartilhando o presente, não preciso estar ao seu lado pra te ter, meu amor é todo seu, morando em mim.
Te amar é tão belo como a luz do primeiro olhar que nos acorda para a vida, como nascer de novo, renascer todos os dias, sem freio.
Sei tão pouco... Sinto muito tudo... Isso é o que enriquece toda minha existência.
Quando amamos, nossos olhos ganham luz e nos guiamos sozinhos, felizes.
.
.
~Ana Brunini

40 comentários:

Maria Eduarda Selva disse...

Eu estou comentando pelo Voluntários em Ação mas eu sou a Duda Selva.
Gostei do teu blog e do post... Silêncio, acho que diz muito.

Confere também: www.blogvoluntario.org.br

PequenAprendiz disse...

Olá Ana
Encontrei seu blog através do orkut.
Adoro escritas como a sua, exposição de momentos, sentimentos.
É tudo muito encantador quando amamos assim. Aproveite MUITO tudo isso.
Digo isso nao querendo parecer pessimista, mas pq esses momentos tão belos passam. Intensifique-os dentro de ti para qdo a dor chegar.
Continue escrevendo lindamente!
Beijos moça!

Onaldo disse...

Que beleza sublime, asas para nossos pés cansados, alegria para nossas almas!
Parabéns!
Blog em Português: http://goiaschaopoemadobao.blogspot.com/
Blog in English: http://onaldoscorner.blogspot.com/

Junior disse...

As vezes o silêncio é nosso companheiro que nos mais faz refletir

Gregory Vancher disse...

Rômantico até a alma esse texto.
Gostei da descrição da importância do silêncio.

Willyan Cordeiro disse...

Oi Ana ! Às vezes, gosto d+ do silêncio, do simples e vasto silêncio de sentar na varanda da sala, escutar a chuva cair. O silêncio às vezes é o melhor sentimento, pois pra mim, diz tudo !

Bjãoo !

blog disse...

Não sei...ainda acho que o amor é uma ante-sala para o sofrimento.
Espero errar.


Ipsis

!rodrigo! disse...

legal seu blog http://rodyjucy.blogspot.com/

Tiago Faller disse...

Lindo! Simplesmente!

O vazio é quem fala mais alto, sempre! Basta saber ouvi-lo.

Quanto ao amor, assim ele é... Puro, sem exigir nada em troca.

Lemon Blog disse...

Romântico, mto bonito.. parabens!

http://sasdelli.blogspot.com/

Diego? Glommer? disse...

Bonito o seu texto.

Romântico, sensível e bem escrito.

Parabéns!

Beijo
.

http://solucomental.blogspot.com/
http://ladobdiscotrash.blogspot.com/

eu-amo-a-ey disse...

Gostei da mensagem, quando há uma perfeita simbiose entre o casal, palavras são desnecessárias.

Beijos!

™Deka disse...

Uma pena que muitos necessitam de provas do amor que o outro sente. Apenas sentir... Concordo também!

Bom feriado!

lumenamena disse...

Basta estar em silêncio por alguns minutos e, contemplar o horizonte. Sentimos nossa existência com o olhar de esperança.

Abraços!

Erica disse...

Sensível, esplêndido
Romântico!!!

Anônimo disse...

Adorei a serenidade que abraça o amor que sentes, é uma paz que transmites, que me parece que roda um filme em meu interior ... É tudo tão diferente, parece que bem entendes todas as coisas do amor.

Lindo demais, obrigado por compartilhar esse teu momento tão lindo.

Joshuatree

Jefferson Lucas disse...

Muito belo, essa coisa de olhar é muito poderoso mesmo...

beijos

Letícia Botelho disse...

Muito lindo mesmo, amei tudo, o poster a musica...
... que saber, vou seguir seu blog!

Douglas Lourenço disse...

é melhor muitas vezes o silencio do q ouvir certas porcarias por aí realmente.

º Helton Freitas º disse...

Admirável, envolvedor, romântico, sincero, inteligente.. Bonito texto.

Gutemberg disse...

muito lindo seu blogger cheios de palavras bonitas...

Parabéns

disse...

O silêncio sereno que denota tranquilidade de algo que vai muito bem é algo que todo ser humano deveria degustar pelo menos uma vez na vida.
Mas i silêncio depressivo de um problema acerca de duas pessoas nunca deveria existir...

Adorei vir aqui , ler e escutar Flavio Venturini...

Bjs

Rubens disse...

O amor tem essa magia, de te te guiar, muitos dizem cegar, o amor é isso nos faz ficar bobos perder a noção de tudo, para nós o que mais importa é quem amamos.

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.cjb.net

sofismo disse...

Mulheres e este romantismo incontrolável, gosto de ler coisas leves de vez em quando, embora não acredite no lirismo.
Parabéns pelo post
aparece lá o meu blog
www.sofismo.wordpress.com

Jota disse...

pow gostei, gostei da forma que tu escreve...
Belo post, bom blog...
Si quiser acessa o meu
http://aceiteourecuse.blogspot.com/

byebye

jcdigital disse...

Gostei do texto, devia atualizar com mais frequência ;)

Gabriela disse...

Esse texto é muito lindo! Adorei o seu blog, mesmo!
Parabéns! Abraços!

ลndreia disse...

Que bonito! *

Paulo Tamburro disse...

Gosto de ler isto

Bola pra frente, orque a fila anda.

Um abração carioca.

Laise disse...

Meu Deus como és linda, tuas palavras, a tua emoção, o teu desejo..
Lindo blog, Gostei..
Esplêndido e supreendente...

Beijos em teu lindo ser=)

Daniel Hiver disse...

"Penso que não devíamos cobrar nada quando amamos... Só existir!"
Essa frase sua bem que poderia ser minha... Em resumo. Também penso assim.

Daniel Hiver

Adrebal Lirio disse...

O mundo está carente de amor, amizades de almas, de doçura. Há uma enorme carência de amor no cotidiano das pessoas. Vidas, sem cor, sem sal, ausência total da esperança... as pessoas estão sozinhas jogadas num mundo gelado.

AH GURIA disse...

Oi vi q vc acompanha o blog...mas faz um bom tempo q eu sumi...agora tÔ voltando com novidades...dá umas passadinhas lá...Bjs.

Marcelo Novaes disse...

Isso, Ana.



Só é amor se cobranças...




Beijos,









Marcelo.

marieamorim disse...

Seu blog é show!!!
vou te linkar

Bárbara Bastos disse...

Amei o blog! ;)
TO seguindo
Bjoo :*

Viviane Patrice disse...

Amei seu blog! Parabéns! com certeza voltarei aki mais vezes!

Viviane Righi disse...

Oi, Ana!

O Floradas está cada vez mais lindo! Parabéns pela sensibilidade, viu?

Olha, coloquei uma citação sua no meu post mais recente. Passa lá depois pra ver, ok? O endereço do blog é: http://deixafluir1.blogspot.com/

Bjos e até breve!

Rodolfo disse...

Seu blog é muito bom e vou passar a seguí-lo sempre!Adorei sua escrita.
Sucesso!

Fernanda disse...

Exatamente: ao amor, especialmente no iniciozinho, na plantação, basta amar. Planejar nasce logo em seguida, mas o passo definitivo é o amor em silêncio, crescendo feito mudinha (e este nome não é à toa: a árvore cresce quietinha, na encolha, cabreira de que a arranquem mas num impulso amoroso de vida). Beijos!